|PT|

Nota Pessoal
2017-
Texto/desenho
Dimensões variáveis

Como dito no título, o trabalho parte de um código para o alfabeto em cores de tinta guache. Esse alfabeto segue minha pesquisa de como evocar a presença de um texto ausente de significado, ou cujo significado é inacessível ao público. Atuando como uma camada imprevisível entre o legível e o ilegível o código se adapta a situação, podendo repetir um texto que cobre, adicional um segredo por cima, numa página, num desenho antigo, num xerox, num bilhete de trem..

O alfabeto cromático é um código para escrita que parte de uma investigação de como evocar a presença de um texto cujo sentido é a primeira vista inacessível ao expectador/leitor. As cores foram distribuídas de forma randômica entre as letras e a pontuação do nosso alfabeto. Operando como uma camada imprevisível entre o que é legível e o que não é o código se adapta para cada situação, as vezes repetindo o que está embaixo ou inserindo um novo segredo.

O uso do código no trabalho visa amplificar a incerteza da linguagem, como quem pensa em voz alta, o sub-texto ilustra a forma como usamos as palavras, como camadas de sentido que organizamos, amontoamos, corrigimos e refazemos. Esse estranho protagonismo que o código gera, num jogo de mostra-esconde, grita um texto secreto, puxa o expectador/leitor para mais perto, que desvenda um código para encontrar outro embaixo.

|EN|

Personal Note
2017-
Text/Drawing
Variable dimensions

PERSONAL NOTE (chromatic alphabet for hidden text), as said in the tittle, is a code for alphabet and basic punctuation in guache paint. The alphabet follows my investigation on how the work could bear the presence of a text absent on meaning, or with an unreachable meaning to the viewer. Acting as an unpredictable layer between whats readable and unreadable, the code can repeat the text beneath or add a new ‘secret’ to the host, that can be another page, an old drawing, a printed text, a train ticket…