|PT|

Trabalho em colaboração com Noara Quintana
instalação sonora 17’
2018

Peça desenvolvida em colaboração com a artista Noara Quintana para a exposição histórica de comemoração de 70 anos do Museu de Artes de Santa Catarina. Propusemos uma peça textual e sonora sobre nossa cidade natal, Florianópolis, onde o museu é sediado, e em especial sobre o museu em si, misturando nossas memórias de infância com nossa atual crítica a instituição.

Somos ambas artistas de Florianópolis e aqui passamos nossas infâncias e adolescências, assim como a graduação na UDESC onde nos conhecemos. Em 2012 nos mudamos juntas para São Paulo onde dividimos uma casa por três anos, e desde esse convívio cotidiano fora da cidade uma sempre foi para a outra a chave de conversa sobre Florianópolis, nossas memórias, nossas saudades e indignações. Dessa forma, podemos dizer que o trabalho Fpólis vem acontecendo desde 2012, desde que falamos da cidade de onde somos sem lá estarmos. Essa conversa estrangeira em reverberação, com capítulos na zona norte de São Paulo, Berlin, Ghent e inúmeros skypes, toma corpo na instalação sonora Fpólis, feita de textos escritos em duas vozes sobre quatro eixos-títulos que se desdobram na peça sonora em dois canais e no impresso, que ancora o texto falado em uma espécie de diagrama de assuntos e associações de palavras. A exposição Carta Branca se apresentou como a ocasião perfeita para dar corpo a essa colaboração e refincar esses assuntos de volta no contexto matriz, no MASC, no CIC, em Florianópolis.

Imagens da exposição Carta Branca, curadoria de Josué Mattos, MASC, 2018.

|EN|

In collaboration with Noara Quintana
Sound installation 17’
2018

Piece developed in collaboration with Noara Quintana for a historical exhibition of the 70 years of the Museum of Art of Santa Catarina. We proposed a text based (sound + graphic) piece about our hometown Florianópolis, the city where the museum resides, and specially about that museum, the text goes from our childhood memories to our nowadays institutional critique. Images of Carta Branca exhibition, curated by Josué Mattos, MASC, 2018.